segunda-feira, 26 de dezembro de 2016

LUZES DO NATAL


O Natal, ano após ano,
Convite que se renova
Para que o homem, por fim,
Vivencie a Boa Nova
*
Infelizmente, inda hoje,
Ignora a Humanidade
Que o espírito do Natal
Tem nome de Caridade.
*
Qualquer pedaço de chão –
O Natal vem nos dizer –
É mais que suficiente
Para uma Estrela nascer!
*
O Natal que Jesus Cristo
Pretende por sobre a Terra,
Ao unir todos os povos,
É ver o mundo sem guerra.
*
Perseguido em toda parte,
Eu penso que o Mestre Amado
Era um Anjo sobre a Terra
Vivendo refugiado...
*
Quem aceita em Jesus Cristo
A luz que a alma lhe doura,
Faz do próprio coração
Pequenina manjedoura.
*
À presença de Jesus,
A quem se encontra no chão,
O Anjo da Caridade
Toma e leva pela mão.

Eurícledes Formiga

(Página recebida pelo médium Carlos A. Baccelli, em reunião do Lar Espírita “Pedro e Paulo”, na manhã do dia 23 de dezembro de 2016, em Uberaba – MG).

Nota do médium:
Voltaremos com postagens inéditas no dia 23 de janeiro de 2017.


2 comentários:

  1. Bom dia, Amigos Espirituais, visíveis e invisíveis! Amor, Luz e Paz! Jesus e nós! Passados os dias festivos comemorativos do que se convencional chamar o nascimento de Jesus de Nazaré no dia 25 de dezembro, o nobre irmão Formiga brinda-nos com a poesia "Luzes do Natal": um verdadeiro convite para refletirmos no conteúdo da fala de Francisco Cândido Xavier no 'clip' exposto no 'Facebook' do médium! Deus te abençoe, nobre Amigo Espiritual! Um abraço fraternal! Cadichon Pirilampo

    ResponderExcluir
  2. Assim seja!!

    Obrigado!!
    Fiquemos com o BOM DEUS!! \O/
    Carlos A. Gomes

    ResponderExcluir