domingo, 18 de fevereiro de 2018


QUEM PODE MAIS


Quem pode mais, compreende,
Passa por cima e supera
Todo problema que surge
No afã em que persevera.

Quem pode mais, não se envolve
Em ciumeira e fofoca,
Prosseguindo imperturbável
No tarefa que lhe toca.

Quem pode mais, não se agasta
Com companheiro nenhum,
Notando os seus próprios erros
Nos erros de cada um.

Quem pode mais, não critica
O amigo que se desdobra,
Exige muito de si,
E dos outros nada cobra.

Quem pode mais, com Jesus,
É quem mais ama e mais faz,
Mais silencia e perdoa
Em benefício da paz.

Eurícledes Formiga

(Página recebida pelo médium Carlos A. Baccelli, em reunião da Casa Espírita “Bittencourt Sampaio”, na noite de 16 de junho de 1993, em Uberaba – MG).






segunda-feira, 12 de fevereiro de 2018


ESTRADEIRO

Estradeiro, prossegue em teu caminho,
Leva adiante essa cruz que tens aos braços,
De pés sagrando sobre os próprios passos,
Varando em torno o escuro torvelinho...

Avança mesmo à míngua de carinho,
Desfigurado em teus humanos traços,
Na carência de afetos tão escassos
Em meio à multidão, sempre sozinho...

Lentamente, caminha sem detença,
Por sob a luta que se mostra intensa
Sem da luta pensar em desertar...

Na Terra em que te fazes estrangeiro,
Ao findar teu exílio de estradeiro,
Hás de voltar à paz do Grande Lar!...

Eurícledes Formiga

(Página recebida pelo médium Carlos A. Baccelli, em reunião pública do Lar Espírita “Pedro e Paulo”, na manhã de sábado do dia 10 de fevereiro de 2018, em Uberaba – MG).

domingo, 4 de fevereiro de 2018

CONVITE

Você está sendo chamado agora
À construção do Reino do Senhor...
Venha como estiver, seja quem for,
Sem deixar isto para outra hora!...

Há serviço esperando estrada afora...
Doar um pão, aliviar a dor,
Socorrer a quem sofre em desamor,
Ou ser para quem cai humilde escora...

Manter acesa a chama da esperança
Ensinando bondade a uma criança,
Construindo o porvir sempre benquisto...

Neste Evento de amor à Humanidade,
Só é preciso ter boa vontade,
Pois o resto quem faz é Jesus Cristo!...

Eurícledes Formiga

(Página recebida pelo médium Carlos A. Baccelli, em reunião pública do Lar Espírita “Pedro e Paulo”, na manhã de sábado do dia 3 de fevereiro de 2018, em Uberaba – MG).













segunda-feira, 29 de janeiro de 2018

MAIS VIDA

Não deixes de servir aos semelhantes,
Porque ser útil é a razão da Vida,
Quem não serve, não luta e quem não lida,
Deixa tudo ficar como era antes...

Faze valer no corpo os teus instantes,
Que, muito embora de alma combalida,
Deves crescer, lançando-te à subida,
Que leva alcançar os sóis distantes...

Deixa com o trabalho de teus braços,
Uma marca de luz sob os teus passos,
A quem vive na Terra sem ter norte...

Só quem serve no Bem se opondo ao mal,
E se desgasta em nome do Ideal,
Há de encontrar mais Vida além da morte!...

Eurícledes Formiga

(Página recebida pelo médium Carlos A. Baccelli, em reunião do Lar Espírita “Pedro e Paulo”, na manhã de domingo do dia 28 de janeiro de 2018, em Uberaba – MG).






domingo, 21 de janeiro de 2018

De Pés Feridos

Prossegue adiante, embora os pés feridos,
No peito, o coração descompassado,
Por visões do Infinito atormentado
Nos escuros caminhos percorridos...

Tendo só por consolo os teus gemidos,
Caminha pelas dores alquebrado,
Sorvendo o vinho em fel transfigurado
A transbordar da taça dos vencidos...

Por sob o pranto de teus olhos baços,
Contempla a luz que te norteia os passos,
Sem desviar-te da senda necessária...

Não te esqueças, nas lutas do caminho,
Procurando da Terra o Excelso Ninho,
Toda ascensão é árdua e solitária!...

Eurícledes Formiga

(Página recebida pelo médium Carlos A. Baccelli, em reunião pública do Lar Espírita “Pedro e Paulo”, na manhã de sábado do dia 20 de janeiro de 2018, em Uberaba – MG).



segunda-feira, 15 de janeiro de 2018

UM DIA


Não te queixes, alma boa,
De mágoas no teu caminho,
Recorda que sobre o espinho
Desponta a rosa em botão.
O sofrimento no mundo,
Nas provas de todo instante,
É a força que te garante
A própria renovação.

Aceita com paciência
A dor que a vida ilumina,
Porque a Bondade Divina
Dá-nos sempre o que convém.
Valoriza o tempo agora,
Não te detenhas na estrada,
Prosseguindo na empreitada
De apenas fazer o bem.

Sob o afago da esperança,
Não desistas de lutar,
Ora e canta ao carregar
O peso de tua cruz...
Um dia, finda a batalha,
Que te parece infinita,
Chegarás, de alma contrita,
À presença de Jesus!...

Maria Dolores


(Página recebida pelo médium Carlos A. Baccelli, na reunião pública do “Grupo Espírita da Prece”, na noite de 19-9-87, em Uberaba – MG). 

segunda-feira, 25 de dezembro de 2017

PÃO DE CADA DIA

A Esperança, meu amigo,
É um caminho aberto em luz,
E é nessa luz que prossigo
Carregando a minha cruz...

Nada me faz recuar...
Devo seguir sempre além,
Aprendendo a superar
As provas que a vida tem.

Entre as tramas do destino,
A Esperança é que me guia...
O seu fermento divino
É o meu pão de cada dia!...

Eurícledes Formiga

(Página recebida pelo médium Carlos A. Baccelli, em reunião pública do “Grupo Espírita da Prece”, na noite de 16 de janeiro de 1988, em Uberaba – MG).

NOTA: Este Blog estará de volta no dia 15 de janeiro de 2018. Obrigado.




segunda-feira, 18 de dezembro de 2017

NATAL CHEGANDO


De novo, Natal chegando,
Ouço cânticos no ar...
Não sei por que me percebo
Com vontade de chorar.
*
Natal! Um berço de palha
Em humilde estrebaria,
Jesus criança sorrindo
Aos afagos de Maria...
*
Pensando em Jesus menino
Na oficina em Nazaré,
Reverencio em minh’alma
A figura de José.
*
Ao ver a penúria extrema,
Reflito, pensando nela,
Que Jesus, para nascer,
Escolheu uma favela.
*
Mãe que espera um filho seu,
Na Terra, vagando ao léu,
Talvez, carregue consigo
Um Anjo que vem do Céu...
*
Há dois mil anos, Jesus
Renasce em noite benvinda,
Mas n’alma de muita gente
Jesus não nasceu ainda.
*
Junto ao berço que contempla,
Envolto em suave luz,
Toda Mãe lembra Maria
Crendo que o filho é Jesus!...
*
Para quem vive da fé
Na Caridade em ação,
O Natal é todo dia
No templo do coração.

Eurícledes Formiga

(Página recebida pelo médium Carlos A. Baccelli, em reunião do Lar Espírita “Pedro e Paulo”, na manhã de domingo do a 1-12-91, em Uberaba – MG).







segunda-feira, 11 de dezembro de 2017

ANIVERSÁRIO DE JESUS


Senhor Jesus, é Teu Aniversário,
Na Data que nos é a mais querida,
E que mais luz contém no calendário,
Iluminando a nossa própria vida.

Perante a Manjedoura e o itinerário
Que cumpriste na Terra embrutecida,
Não vamos falar hoje do Calvário,
De lembrança tão triste e dolorida...

Permita-nos, assim, cumprimentar-Te,
Sem que ainda possamos entregar-Te
O mimo que de nós queres somente...

Espera mais um pouco, Mestre Amado,
Que o nosso coração tão demorado,
Um dia, há de ser Teu eternamente!...


Eurícledes Formiga


(Página recebida pelo médium Carlos A. Baccelli, em reunião pública do Lar Espírita “Pedro e Paulo”, na manhã de sábado do dia 9 de dezembro de 2017, em Uberaba – MG).

segunda-feira, 4 de dezembro de 2017

TROVAS DE APRENDIZ


O mundo é uma grande escola
Que nos ensina a viver,
Quem não estuda e trabalha
Não pode se promover.
*
Muitas vidas já vivi...
Quantas foram eu não sei.
Mas, a viver noutro corpo,
Sei que ainda voltarei.
*
Da Lei que a Vida se imanta,
Impressiona-me a didática:
Cada qual colhe o que planta
Com precisão matemática.
*
É verdade cristalina:
Seja a falta grave ou leve,
Ante a Justiça Divina,
Ninguém paga o que não deve.
*
À crença em Deus te assista,
Não faças ouvidos moucos.
A Vida devolve a vista
O que lhe damos aos poucos.
*
Quando deixei o meu corpo
E noutra vida me vi,
Nada em mim doeu mais forte
Do que o tempo que perdi...
*
Somente a reencarnação
Pode explicar a contento,
À excelsa luz da razão,
A causa do sofrimento.
*
Meu amigo, reflitamos,
Sempre a Verdade padece,
Pode ocultar-se algum tempo,
Mas nunca desaparece.
*
Neste conceito profundo
Ponho os pensamentos meus:
Tudo o que existe no mundo
Vive à procura de Deus.
*
Na tristeza ou na alegria,
Esta Lei se cumprirá:
De aprender a cada dia
O homem nunca deixará.

Eurícledes Formiga


(Trovas recebidas pelo médium Carlos A. Baccelli, em reunião pública do “Grupo Espírita da Prece”, na noite de 18 de junho de 1988, em Uberaba – Minas Gerais).